BALE Dantense na Semana Nacional da Pessoa com Deficiência homenageia o jovem Caio Daniel, sinônimo de garra e superação.

             Neste dia 20 de setembro, o BALE Dantense participou da programação da Semana Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência no Brasil, da Escola Municipal Augusta Leopoldina do Monte e para o momento o BALE contou a história do jovem Caio Daniel, um jovem franciscodantense que não se deixou vencer por sua deficiência, conseguindo se destacar em seu percurso de vida.  A equipe contou e declamou os poemas do menino poeta, assim como é conhecido por onde passa. no momento foi reforçado sobre a Campanha Natal Feliz " Ajude-nos a Contar essa história". A equipe do BALE Dantense está bastante feliz em poder está contribuindo na formação dessas crianças. Conheça um pouco dessa história; 

Menino Caio, um menino feliz.

Era uma vez uma professora chamada Ceição, que casou com um rapaz chamado Marcelo. Um casal trabalhador e dedicado a família e aos serviços da igreja, eles viviam muito felizes, mas faltava algo para completar essa felicidade. Com o tempo veio a surpresa para eles, pois Ceição estava grávida, ia ser mamãe de um menino, sendo motivo de muita alegria para todos. tudo foi preparado com muito amor e carinho para receber o bebezinho.
 O tempo passou e chegou a hora do nascimento do primeiro filho da família, a alegria da casa, mas algo inesperado aconteceu, aquele menininho nasceu especial e precisava de mais atenção e cuidados de seus papais. Mas isso não deixou sua família triste, só deu mais coragem de lutar pelo filho, esse garotinho recebeu o nome de Caio, que significa feliz, contente e alegre, e olha que caiu muito bem com sua personalidade sempre sorridente, feliz e comunicativo.
Ele desde seu nascimento, sempre muito bem cuidado, sempre presente na igreja, nos eventos escolares, se destacando com seu dinamismo e inteligência. Estudou, estudou e estudou, enfrentou as dificuldades para estar em meio a sociedade. Caio um menino poeta, religioso de muita fé, já escreveu livro e poemas, tem uma autoestima contagiante, chegou à faculdade e será um futuro professor.
  

Texto: Ednaldo Clarindo
Sala do BALE Dantense
17/09/2019




















  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

BALE Dantense lança Campanha Natal Feliz com tema "Ajude-nos a contar essa história"

Neste dia 10 de setembro a equipe do BALE Dantense criou e lançou Campanha Natal Feliz, tema "Ajude-nos a contar essa história", com o apoio da Sec. Mul. Educação. A campanha tem por objetivo levar um dia de contações de histórias, brincadeiras e músicas, como também  arrecadar livros, jogos educativos, brinquedos, roupas e alimentos para  as crianças da comunidade. A equipe com todo carinho confeccionou caixas bem coloridas e distribuíram em lugares estratégicos da cidade.  A campanha será realizada no dia 10 de dezembro no auditório do CCI às 8:00 horas.




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Mais um momento mágico de nosso BALE Dantense!

Neste dia 22 de agosto na sala do BALE Dantense foi realizado mais um momento mágico, com muita leitura, contação e recontos com a turma da Professora Elda Nobre, foram atendidos 23 alunos do 4° ano "B" da Escola Municipal Augusta Leopoldina do Monte. Contamos com colaboração importantíssima de nossos voluntários que juntos desenvolveram mais um excelente trabalho de leitura em rodas de conversas em grupos, contamos também com o apoio a equipe da Sec. Mul de Educação e da biblioteca Juvina de Holanda Campos. Gratidão por mais este momento enriquecedor.













  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

BALE Dantense - Um pouco de nossa história!



A 1ª Edição do BALE Dantense foi lançado no dia 10 de abril de 2019 em uma cerimônia realizada na Sec. Mul. de Educação, onde foi montado a sede do programa em Francisco Dantas. O momento teve presença dos gestores, coordenadores, supervisores das escolas municipais e estaduais, o Diretor do campus da UERN o prof. Jailson José, que também representou a profª Dra. Maria Lúcia Pessoa Sampaio, idealizadora do programa. A edição conta com 11 voluntários que reúnem-se para estudarem as leituras,   e planejarem as contações de  histórias. A ideia surgiu do desejo do professor Ednaldo Clarindo que já havia sido bolsista do BALE Portalegrense, e querendo continuar com o trabalho de incentivo ao gosto pela leitura, lança a proposta a secretária de Educação da época a professora Wellitania Gomes que já conhecendo a importância do programa, aceitou e trataram de entrar em contato com a Profª Dra Maria Lúcia Pessoa Sampaio, idealizadora e responsável pela Biblioteca Ambulante e Literatura nas Escolas- BALE/UERN,  para firmarem a parceria e implantar o programa em Francisco Dantas. Assim feito, foi lançado a proposta a professora Wellivania Silveira para coordenar  junto com professor Ednaldo  Clarindo. Desafios propostos aceitos, foram iniciadas ações de incentivo ao gosto pela leitura, usando a magia das cores, das músicas, do teatro, levando até elas um mundo mágico das histórias, possibilitando uma viajem dentro do livro a cada contação. O amor  só cresce a cada contato, a cada sorriso, a cada olhar fascinado. O BALE Dantense planeja junto com seus voluntários belas histórias, e atende as escolas de todo município. 

VOLUNTÁRIOS:


*Ednaldo Clarindo - Vice - coordenador/Articulador

*Wellivania Silveira - Coordenadora
*Amélia Mariana- E.E 26 de Março - Fundamental II
*Aline Adrielly-E.E. 26 de Março - Ens. Médio
*Carlos Rafael- E.E. 26 de Março
*Elaine Freitas- E.E. 26 de Março
*Deyse Lorrana-E.E. 26 de Março - Ens. Médio
*Mateus Olivera-UERN- Ens. Superior
*Félix Saraiva- E.E 26 de Março - Ens. Médio
*Edgleison Oliveira-E.E. 26 de Março - Ens. Médio
*Anna Laricy- E.E. 26 de Março - Ens. Médio


























  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
// Inicio Estrelinhas // Fim Estrelinhas